quinta-feira, 8 de março de 2012

LIDANDO COM A PORNOGRAFIA

LIDANDO COM A PORNOGRAFIA Por: Jaime Kemp 1. Pornografia obscurece a forma como vemos nosso próximoAquele (a) que se utiliza da pornografia é induzido (a) a enxergar as outras pessoas como objeto de seu prazer. Nosso próximo deve ser visto com respeito. O apóstolo Paulo diz que devemos evitar o pecado da imoralidade (1 Ts 4.3). O que pode ser dito de algo que reduz o corpo humano a um simples objeto? Esses objetos de luxuria são pessoas reais, reduzidas a ferramentas de performance sexual, desumanizadas e "coisifícadas". 2. Pornografia é um convite para a imoralidade sexualNeste mundo manipulado digitalmente, todo pôster de revistas pornográficas apresenta modelos com corpos perfeitos, esculpidos com os mais modernos softwares e em poses que induzem à fantasia. Sexo antes do casamento, adultério, sexo em grupo, homossexualismo, bi- sexualismo, como também outros desdobramentos mais sórdidos podem ser encontrados e são promovidos segundo o "paladar" dos solicitantes. 3. Pornografia com violência estimula o comportamento agressivoOs consumidores de pornografia violenta tornam-se mais agressivos com as mulheres do que propriamente desejosos delas. Muitos deles motivados pela incidência acabam gradualmente aceitando que a parte passiva merece o que está recebendo. A sensibilidade, o cavalheirismo, o autocontrole e a paciência desses usuários acaba diminuindo sensivelmente. 4. Pornografia pode abalar a fidelidade e a intimidade do casamentoA exposição ao matéria! de sexo explícito resulta em maior expectativa pela atividade sexual, maior tolerância por formas de aberração sexual, promove sentimentos de baixa-estima nas mulheres e menor satisfação de sentimento para o homem. Jovens envolvidos em pornografia podem falsamente aferir que "estão tendo experiências sexuais", quando estão na verdade, construindo padrões que poderão prejudicar significativamente o relacionamento de seu futuro casamento, pois estabelecem ilusões quanto ao relacionamento físico do casa!. 5. Pornografia provoca um impacto devastador em criançasNos dias de hoje, um grande número de crianças mais cedo ou mais tarde acaba tendo contato com a pornografia. Muitas delas não somente têm acesso mas tornam-se usuárias até mesmo antes dos doze anos de idade. Acabam pegando revistas, assistindo vídeos, sintonizando estações a cabo, ou navegando em sites pornográficos na Internet. Inevitavelmente ocorre algum tipo de experiência sexual distorcida, com resultados nocivos à própria sexualidade. Além do mais, esse tipo de mergulho compromete sensivelmente as emoções de uma criança. Ela não possui capacidade para decidir sobre as situações mais simples de sua vida, quanto mais sobre algo tão complexo quanto a sexualidade humana! 6. Pornografia viciaQuando dirigimos nosso apetite sexual para vídeos de sexo explícito, filmes, revistas e internei, nos colocamos em uma posição de querer sempre mais. Da mesma forma que o álcool e drogas, a pornografia também agarra suas vítimas, tornando-as dependentes. Ela paralisa a vida. Perverte a perspectiva de futuro, distorce relacionamentos e inviabiliza que Deus use nossas vidas. Jaime Kemp - Lidando com a pornografia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.